RESUMO: SAIBA TUDO DO PRIMEIRO EPISODIO DE AMERICAN HORROR STORY 6?







Oi  genteee, sei que a maioria de vocês, assim como eu, estavam super ansiosos para a estréia da nova temporada de American Horror Story, e essa ansiedade foi intensificada porque o demônio do Ryan Murphy não revelou o tema!!

Pois bem, a série estreou ontem nos Eua, e foi ao ar na madrugada de quinta para sexta ás 00:30 aqui no BR.

Muitaas pessoas ficaram meio confusas quanto ao tema, e também com o primeiro episódio, dai eu resolvi fazer um resumão de tudo que rolou no primeiro episódio para dar uma clareada nas nossas mentes!
Vamos lá...

No início do episódio nos é apresentado Shelby e seu marido Matt, interpretados respectivamente pela maravilhosa Lily Rabe e Andre Holland...
Eles contam em uma espécie de documentário o que os levou a se mudarem de Los Angeles para um casarão na Carolina do norte (Matt foi atacado por uma gangue no meio da rua enquanto caminhava com Shelby para comemorar a gravidez, muito ferido foi levado ao hospital, e aparentemente devido ao estresse Shelby perdeu o bebê) todos os acontecimentos são retratados através de Sarah Paulson e Cuba Gooding Jr que interpretam Shelby e Matt dentro do documentário (meio confuso né!?)
Enfim...tudo isso resultou na mudança dos dois para a o estado da Carolina do norte, onde Matt cresceu.
Os dois compraram um casarão antigo no meio da floresta (construído em 1792) através de um leilão, pois um grupo de “caipiras” também estavam interessados na propriedade.
Com a intenção de começar uma nova vida, Shelby já sentia desde o início que algo de estranho havia na casa (vibe meio Murder House né?)
Belezaa, casa reformada, tudo ok, hora do make love...maas do nada os dois começam a ouvir barulhos estranhos, como vozes e batidas.
Nada anormal...sqn

Matt, como um bom marido, vai verificar o que está provocando os barulhos quando uma lata de lixo é arremessada contra ele já no lado de fora do casarão, sem ver o que foi, ele acredita que está sendo vítima de preconceito por parte dos caipiras de antes, que estão tentando assustá-los.

Mais coisas bizarras começam a acontecer, como por exemplo uma fucking chuva de dentes presenciada apenas por Shelby.
Matt viaja a trabalho e Shelby fica sozinha em casa (já sabemos que nada de bom pode sair disso).

Nesse episódio temos um grande ensinamento: se você estiver sozinha(o)  em uma casa mal assombrada no meio da floresta, não vá tomar banho de ofurô do lado de fora.
Shelby é atacada no ofurô por pessoas vestindo roupas velhas (em uma fração de segundos, o rosto da pessoa que a está afogando se assemelha muito ao da atriz Kathy Bates, velha conhecida dos fãs por estar presentes nas 3 temporadas anteriores);

O policial que veio averiguar a ocorrência desacredita na versão de Shelby pois não havia indícios de ninguém próximo a residência, exceto ela, e faz inclusive uma insinuação de que ela seria alcoólatra.
Matt também não acredita muito na versão de Shelby...

Mais barulho durante a noite...Matt vai olhar novamente eeeee…
Isso mesmo: um porco morto sem pele em frente à porta de entrada!
Matt não conta a Shelby sobre o incidente e resolve instalar câmeras ao redor da casa; mais do que isso, ele chama a irmã Lee (entra em cena a fodastica Angela bassett, eterna Marie Laveau de Coven) para fazer companhia a Shelby durante sua ausência.

Lee é uma policial viciada em remédios, divorciada do marido devido as suas irresponsabilidades como mãe e esposa, mas no entanto parece estar tentando manter sua sobriedade.
Fica bem claro que Lee não gosta de Shelby, achando inclusive ela fraca e covarde para ser mulher do seu irmão.
A relação entre as duas fica pior quando uma garrafa de vinho entra misteriosamente rolando no quarto de Lee, a qual culpa Shelby pela “gracinha”.

Prosseguindo...lembram das câmeras instaladas pelo Matt? Pois é, elas detectam pessoas com tochas passando pelo portão, ele vendo tudo através do aplicativo de celular conectado as câmeras fica desesperado (quem não estaria),
Neste momento começa a ligar incessantemente para as duas que estão na casa (Lee e Shelby) para avisar que  estão correndo perigo.
Toda essa movimentação ocorrendo lá fora, e as duas querendo sair no tapa dentro de casa, sem notar nada do que estava prestes a acontecer.
Finalmenteee Lee escuta um barulho, e resolve descer no porão para olhar (quem nunca?)
Shelby vai junto
Detalhe: as duas desarmadas.

Chegando lá embaixo, a única coisa estranha encontrada é uma tv antiga ligada passando uma gravação amadora de alguém supostamente tentando fugir de algo, que no fim parece ser um homem com cabeça de porco...bizarro ok.

Quando as duas, super assustadas, vão subir as escadas para sair do porão, a porta se fecha sozinha e a casa fica sem energia do nada (medo nessa parte T.T)
Pelo celular, através das câmeras, Matt que está em outra cidade  consegue ver várias pessoas entrando com tochas dentro da casa e resolve partir para lá o mais rápido possível!!
Enquanto isso, Shelby e Lee estão no porão com o c* na mão, ouvindo o barulho de passos em cima, como se tivessem váriaaas pessoas na casa.

Após um tempo tudo se acalma, as duas saem do porão e ao chegar na sala uma surpresa:
A escada está toda entrelaçada com cordas e alguns objetos de madeira, parecendo amuletos.
Ok, matt chega, Shelby não quer mais permanecer naquela casa maluca; matt diz que eles não tem para onde ir e da a entender que sair da casa não é uma opção…

Em seguida Shelby pega o carro e vai sozinha embora, tudo ótimo até que...ela bate com o carro em uma senhora que apareceu do nada na estrada (a mesma que tentou afogá-la); com um cutelo na mão, a velha louca entra na floresta e a tonta da Shelby vai atrás, ficando perdida logo em seguida, estilo Lost.

Ouvindo barulhos, nossa Sarinha começa a falar o famoso “helloo, helloo, helloo” na esperança de alguém responder; quando ela se dá conta...está embaixo de um emaranhado de cordas e amuletos, semelhante aos que estavam na escada.
Desesperada sem saber o que está rolando, Shelby começa a correr loucona de pão de queijo no meio da floresta, cai, e aí algo muito estranho acontece: o chão e as árvores começam a se mecher como se tivessem vida, mais adiante ela avista pessoas com tochas, e um homem sem a parte de cima da cabeça...
Daí o episódio acaba!!

Olha eu particularmente achei muito interessante a forma como a história está sendo contada, com esse lance de documentário.
Sei que muitaaas pessoas estão confusas mas vamos esperar agora o segundo episódio e tirar mais conclusões.

Para quem não sabe, Roanoke foi uma colônia inglesa nos EUA que desapareceu do nada, deixando apenas uma palavra como pista: Croatoan.
Isso explicaria os colonos que aparecem misteriosamente neste primeiro episódio e também deve se levar em conta o fato de que a ilha de Roanoke fica no estado da Carolina do Norte.
Boom, se vocês gostarem do resumão, comentem embaixo que eu faço dos próximos episódios!!
Compartilhe no Google Plus

DESINFORMADOS

    Comentários do Blogger
    Comentários do Facebook

1 comentários: